Posted by : Patrick Reis


Mais um remake mexicano, produzido pela Televisa e exibida originalmente de julho de 2000 a fevereiro de 2001. Aqui, foi transmitida pela emissora do tio Sílvio de outubro de 2001 a abril de 2002, às 19 horas. Pegue o lencinho que hoje tem melodrama mexicano ♥


Primeira Fase: Na fazenda Pantanal, onde reside o autoritário Severiano Álvarez (Joaquin Cordero), homem autoritário e poderoso, ocorre um amor proibido. Cristina (Victoria Ruffo), filha do coronel acaba se envolvendo com capataz da fazenda, Diego (Osvaldo Rios). Do relacionamento, a moça engravida para desgosto da família Álvarez. Sem saber o que fazer, ela confessa justamente a seu pai sobre o filho que espera. Ele, enfurecido, bate na filha e lhe obriga a ir pra capital, onde terá a criança, longe dos olhos de todos. Quanto a Diego, é demitido e recebe a notícia que Cristina foi pra capital arrumar os preparativos para um casamento arranjado. 

 

Na capital, Cristina se aloja com a empregada da fazenda numa pensão, onde fica até ter o bebê. Durante sua estada, conhece Frederico Rivero (César Évora), que parece ser um grande amigo, lhe apoiando e dando conselhos nessa sua jornada. Na verdade, ele é um fazendeiro falido que visa um possível relacionamento com Cristina, de olho na fortuna da moça Ele está mancomunado com o pai da moça e vai lhe dizendo todos os passos de Cristina na capital. 



Depois que o bebê nasce, Severiano faz com que Frederico convença Cristina a voltar pra fazenda. Chegando lá, ela tem a notícia de que só poderá ficar ao lado de sua filha, se aceitar a menina ser criada pela empregada, Estela (Rossana San Juan). Sem muitas alternativas, Cristina aceita seu destino, de ver a filha apenas de longe, sem a menina nunca saber de sua real maternidade. 


Para piorar a situação, Severiano obriga a filha a se casar com Frederico, achando que ele ainda é rico. Diante da recusa da filha, ele diz que se ela não o fizer, terá de se mudar para a capital, ficando longe da filha. Cristina acaba se casando com Frederico, já que se sente deprimida também pela saída sem justificativa de Diego da fazenda. Depois que se casam, Frederico mostra sua verdadeira face, inclusive estuprando a própria esposa. Para se apossar de vez da fortuna de Cristina, Frederico provoca um acidente, deixando a moça cega e desesperada. Sem poder ver sua filha crescer, ela passa a viver uma vida de dor e tristeza. Mal sabe a moça que sua cegueira é reversível, mas enquanto não tiver ajuda de ninguém, terá de conviver com tal mal. 


Segunda Fase: 20 anos se passam e Maria do Carmo (Aracely Arámbula), filha de Cristina se tornou uma linda mulher. Sua mãe biológica custeou seus estudos e nunca lhe deixou faltar nada, tornando-a uma mulher de educação impecável. Com a morte de Severiano, Frederico se torna muito mais poderoso ainda, pois herda toda a fortuna da esposa. Sabendo da real maternidade de Maria do Carmo, ele sempre olhou para a moça com fúria e nunca poupou esforços em destratá-la. Maria do Carmo se envolve com José Maria (Pablo Montero), novo peão da fazenda Pantanal. Mas seus planos de casamento com a moça vão por água abaixo com a chegada de Carlos Manuel (Fernando Colunga), sobrinho de Frederico. O rapaz vem da capital para morar na fazenda com o tio e acaba despertando o amor de Maria do Carmo. 

Carlos Manuel, Maria do Carmo e José Maria

Mas antes de viver seu amor com Maria do Carmo, ele se dá a aventuras com as moças que encontra. Uma delas é Débora (Nailea Narvind), amante de Frederico. Isso causa ódio no tio do rapaz. Mas quando se vê apaixonado por Maria do Carmo, larga Débora para namorar com a futura herdeira da fazenda Pantanal. 


Mas o tio Frederico é mais maquiavélico do que todos pensam, ele usa a própria amante para separar Carlos Manuel de Maria do Carmo. Afinal, ele tem medo do relacionamento dos dois culminar em um casamento e na possível perda de sua herança para o sobrinho. Além de Débora, ele conta com o apoio de José Maria, eterno apaixonado por Maria do Carmo. A situação só melhora com o retorno de Diego, que descobre toda a verdade sobre a partida de Cristina. E ele faz de tudo para barrar as artimanhas de Frederico. 


Curiosidades: A novela é considerada muito forte por abordar temáticas tão severas para uma novela. Estupros constantes da protagonistas, AIDS de um dos personagens secundários, um estuprador violentado na cadeia e a possessão da personagem Estela. Tabus que a emissora não temeu em transmitir e tornar dessa uma das novelas mais ousadas da época. O único problema foi com relação ao horário, que no México teve de ir das 20 horas para as 21 horas por conta do auto teor sexual da trama. 


Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Um Drink com Heleninha Roitman - Skyblue - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -